Representação do Saserj toma posse no Conselho Nacional de Assistência Social

24/06/2024
Os novos integrantes do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) tomaram posse em cerimônia realizada nesta quarta-feira (19.06), em Brasília. O evento contou com a presença do ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias. Aparecida Guerra, presidente do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro – Saserj, e Margareth Alves Dallaruvera, membro do Conselho Fiscal do Saserj, foram eleitas titulares pela Federação Nacional dos Assistentes Sociais – FENAS e Confederação Nacional das/os Trabalhadoras/es em Seguridade Social da CUT (CNTSS/CUT), respectivamente.
 
De acordo com o ministro Wellington Dias, “a missão dos conselheiros empossados é ajudar na reconstrução do Brasil, priorizando a retirada dos brasileiros que ainda estão na pobreza e na extrema pobreza, garantindo dignidade a todos”.
 
Antes da posse, a presidente do CNAS, Margareth Dallaruvera, apresentou ao ministro a prestação de contas da gestão 2022/2024 e os avanços conquistados nesse período. Ela destacou que o país está se recuperando, mas ainda há muito trabalho a ser feito, e ressaltou a importância do fortalecimento do controle social.
 
A gestão de Margareth Dallaruvera foi elogiada pelo ministro do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Wellington Dias, que destacou a sua origem no movimento sindical, assim como a do presidente Lula.
 
Composição
 
O Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) é um importante órgão responsável pela formulação, normatização, fiscalização e acompanhamento da política de assistência social no Brasil. Suas principais atribuições incluem a aprovação da Política Nacional de Assistência Social, a regulação dos serviços, o monitoramento dos programas e a gestão dos recursos relacionados à assistência social.
Foram empossados para o CNAS, com o mandato de dois anos (2024-2026), 18 conselheiros titulares e 18 suplentes eleitos em maio deste ano. Todos são representantes da sociedade civil, em obediência à Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) 8742/1993. O CNA também conta com conselheiros governamentais. Integram o CNAS na gestão 2024/2026, como representantes de entidades e organizações de assistência social:
 
1º Titular: Márcia de Carvalho Rocha, representante da Federação Nacional das Associações de Pais e Amigas/os das/os Excepcionais (FENAPAES);
1º Suplente: Catarina de Santana Silva, representante da Fundação Fé e Alegria do Brasil;
2º Titular: Thiago Szolnoky de Barbosa Ferreira Cabral, representante da Federação Brasileira de Associações Socioeducacionais de Adolescentes (FEBRAEDA);
2º Suplente: Alessandro Tiezzi, representante da Pia Sociedade de São Paulo; e
3º Titular: Emilene Oliveira Araújo, representante da Sociedade Bíblica do Brasil; e
3º Suplente: Sinésio Luiz Antônio, representante da Obra Kolping do Brasil (OKB).
Os representantes de entidades e organizações de trabalhadoras/es do SUAS:
1º Titular: Maria Aparecida Guerra Vicente, representante da Federação Nacional das/os Assistentes Sociais (FENAS);
1º Suplente: Irene Rodrigues da Silva, representante da Confederação das/os Trabalhadoras/es no Serviço Público Municipal (CONFETAM/CUT);
2º Titular: Margareth Alves Dallaruvera, representante da Confederação Nacional das/os Trabalhadoras/es em Seguridade Social da CUT (CNTSS/CUT);
2º Suplente: Jucileide Ferreira do Nascimento, representante do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS); e
3º Titular: Ana Lúcia Soares, representante da Associação Brasileira das/os Terapeutas Ocupacionais (ABRATO);
3º Suplente: Andréia Fernandes Teixeira, representante da Federação Nacional das/os Psicólogas/os (FENAPSI).
Como representantes de usuárias/os e de organizações de usuários da assistência social:
1º Titular: Aldenora Gomes Gonzalez, representante do Instituto Ecovida;
1º Suplente: Clóvis Alberto Pereira, representante da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB);
2º Titular: Solange Bueno, representante do Fórum Nacional de usuárias/os do Sistema Único de Assistência Social (FNUSUAS);
2º Suplente: Rafael Machado da Silva, representante do Movimento Nacional de População de Rua (MNPR); e
3º Titular: Ismael Utino Tavaloni, representante do Movimento Nacional Pestalozziano de Autodefensores (MONPAD);
3º Suplente: Maria Gonçalves da Conceição, representante da Associação Nacional dos atingidos por barragens (ANAB).
COM INFORMAÇÕES ASCOM MDS




Veja também

Atenção, assistentes sociais! Temos importantes informações sobre SIMAS e as judicializações em curso

Atenção, assistentes sociais! Temos importantes informações sobre SIMAS e as judicializações em curso

16/07/2024 - O IRDR - INCIDENTE DE RESOLUÇÕES DEDEMANDAS REPETITIVAS e o SIMAS   Notas explicativas aos interessados e associados do Saserj  ...

Nota de solidariedade

Nota de solidariedade

05/07/2024 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro vem se solidarizar com a deputada Benedita da Silva, nossa Bené, ícone da luta das...

Saserj participa de reunião para discutir regulamentação da lei que garante psicólogos e assistentes sociais nas escolas

Saserj participa de reunião para discutir regulamentação da lei que garante psicólogos e assistentes sociais nas escolas

24/06/2024 -   O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro (Saserj), representado pela diretora Aline Fernandes Salles participou de uma reuni&...

Representação do Saserj toma posse no Conselho Nacional de Assistência Social

Representação do Saserj toma posse no Conselho Nacional de Assistência Social

24/06/2024 - Os novos integrantes do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) tomaram posse em cerimônia realizada nesta quarta-feira (19.06), em Bras&ia...